MENU

COLUNISTAS


Variedades

RAMIRES LINHARES




 
 

Sexta-feira, 07/09/2018, às 06:00

Penúltima

Bom dia, boa tarde, boa noite, conforme a ocasião.
Tudo começou no dia 16 de fevereiro de 2013, e lá se vão cinco anos e meio, quando cumprimentei pela primeira vez os leitores do Diário do Sul com o meu “bom dia, boa tarde, boa noite, conforme a ocasião”. Naquela primeira coluna, agradeci a confiança dos diretores do jornal, Tomaz Albuquerque e Lúcio Flávio de Oliveira, que me permitiam iniciar um relacionamento muito prazeroso com milhares de pessoas de nossa região.
Hoje, agradecendo novamente aos diretores pela confiança e pela oportunidade, começo minhas despedidas dessa página, que nesse período foi meu canal de comunicação com nossa gente. Numa conta rápida, foram em torno de 1.700 colunas escritas, com reflexões, textos motivacionais, críticas sempre construtivas, opiniões, humor e análise do nosso dia a dia, aqui nesse lugar maravilhoso, no Sul do mundo.
E foi assim, cumprimentando quem merece, enaltecendo quem se destaca, incentivando quem começa, repercutindo o que interessa, destacando as coisas boas e mostrando nossa terra e nossa gente, que cumprimos aqui a gratificante missão de comunicar.
Escrevi, muitas vezes, sobre a alegria que é ser abraçado na rua por um leitor, uma leitora, que leu aqui algo positivo, que ajudou, que abrandou uma dificuldade, que alegrou seu dia, que gerou otimismo, que proporcionou paz. E foram muitos e muitos abraços, os quais eu continuo agradecendo e pretendo continuar ganhando.
Essa é a penúltima coluna que escrevo no Diário do Sul. Na segunda-feira, a gente se despede definitivamente, até que o destino nos ofereça outro caminho.
Como já anunciado aqui, fui convidado e aceitei atuar na área de comunicação da prefeitura de Tubarão. E, dentro dos princípios éticos que sempre nortearam minha vida, em qualquer missão que assumi, achei por bem não mais ocupar esse espaço, para não misturar as coisas, tendo a neutralidade necessária para atuar junto à imprensa e à comunidade, na nova função pública.
A todos aqueles que se acostumaram a começar a ler o jornal por trás, dos quais eu virei companhia no café da manhã, ou durante todo o dia, meus queridos e estimados leitores, registro aqui a minha mais sincera gratidão.
Mesmo que eu consiga, na maioria das vezes, transformar em palavras os meus sentimentos, confesso a dificuldade de dizer hoje o que estou sentindo. Mas gratidão e amizade certamente são palavras que conseguem dar algum sentido a essa despedida, de amigos, de conhecidos, de seguidores, de gente que talvez eu ainda nem tenha tido a oportunidade de falar pessoalmente, mas que procurei aqui sempre tratar com respeito, carinho e ética.
Aos meus colegas de casa, aos que atuam hoje no jornal, aos que passaram por aqui nesse período, meus agradecimentos, pelas dicas, pelo apoio, pela sempre prestimosa atenção para com esse colunista. Agradecendo o carinho com o qual venho sendo tratado pela doce Camila Locks Corrêa, meu contato mais direto na equipe, e pela sempre prestimosa e sensata orientação do editor chefe Davi Goulart, agradeço a todos pelo apoio nessa caminhada. Qualquer hora, eu apareço para pagar um café com bolo.
Aos parceiros comerciais, amigos que aceitaram patrocinar a coluna em diversos momentos nesses cinco anos e meio, meus agradecimentos. Sei que foram patrocínios não só da coluna, mas patrocínios de uma amizade, pois todos que aqui colocaram suas marcas são amigos e irmãos estimados.
Encerro o mais extenso texto aqui escrito lembrando uma frase do dramaturgo e poeta inglês Willian Shakespeare, que diz: “Toda despedida é dor... tão doce, todavia, que eu te diria boa noite até que amanhecesse o dia”.
Então, pela penúltima vez, bom dia, boa tarde, boa noite, conforme a ocasião...

Sobre lar...
“Meu lar é sempre onde estou, meu lar está na minha mente, meu lar são meus pensamentos, meu lar é pensar as coisas que eu penso. Esse é meu lar. Meu lar não é um lugar material por aí... meu lar está na minha mente”. Bob Marley

Patrocínios
Nunca fui um bom vendedor de anúncios aqui na coluna. Às vezes, foi preciso uns puxões de orelha do Carrador para que eu me desse conta de que precisava faturar. Quando isso ocorria, eu apelava para os amigos. Assim, nessa despedida, quero agradecer ao Luiz Carlos Serafin, da Retífica Tubaronense, sempre comigo desde o início; Eraldo Tadeu da Rosa, da Eraldo Construções; Peterson Oliveira, da SF Terraplanagem; reitores Salésio Herdt e Mauri Heerdt e equipe de comunicação da Unisul; tia Cláudia, do Colégio Coração Feliz. Agradeço ao Fernando Mattos, da imobiliária Vendelar; Marcos Niehues, da Universal Pneus; Genovêncio Bittencourt, da Santa Fé Livraria; Kênia Alves, da Loja Mana Sofia; deputado Marcos Tebaldi; Lianderson Duarte Silva, da Primo’s Audio Car; Haroldo Fernandes e Robson Rodrigues, da Imobiliária Radar; Salomão Werner, da Ewel; Antônio Santos, da Santo Rei Distribuidora; Sandro Maurício, da Prolincon; dra. Márcia e dr. Cristiano, da Multmed Cardio; Glauco Caporal Fernandes, da PluralSeg. A todos, mais uma vez, obrigado pela força.

 Vivance Estúdio do Corpo
A minha amiga Ingrid Barreiros inaugura, neste domingo, as novas instalações do Vivance Estúdio do Corpo. No espaço, ela, que é coreógrafa das mais capacitadas, oferecerá ao público aulas de dança, incluindo ballet clássico, jazz, dança de salão, dança do ventre, danças urbanas e mix dance. O estúdio também oferecerá aulas de treinamento funcional , hitt e pilates solo. Localizada na rua dos Ferroviários, nº 1600, 1º andar, sala 104, a Vivance agora está num espaço moderno, amplo,  com muitas novidades e excelentes profissionais que vão surpreender você. O contato é (48) 99933-6783.

Namorada
Amigo meu contou-me que a namorada terminou o namoro de dois anos, e, segundo ele, por um motivo fútil. Ela disse que estava acabando com o relacionamento porque meu amigo é muito infantil. Ele não concorda com o motivo, está sofrendo com a separação, mas se vingou da ex na mesma noite do rompimento. Voltou à casa dela de madrugada, apertou a campainha e saiu correndo.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL