MENU

COLUNISTAS


Variedades

RAMIRES LINHARES




 
 

Quarta-feira, 11/10/2017, às 06:00

A nossa Unisul

Bom dia, boa tarde, boa noite, conforme a ocasião.
Quando eu escrevo sobre a Universidade do Sul de Santa Catarina, e isso ocorre bastante aqui na coluna, ou quando autoridades e personalidades tubaronenses se referem à instituição em discursos ou entrevistas, invariavelmente usamos o termo “nossa Unisul” para denominá-la. A forma de referência representa o orgulho que os tubaronenses têm da universidade que aqui nasceu e aqui é sediada.
Esse bairrismo arraigado na forma carinhosa com que interagimos com a universidade tem razão de ser. Eu, particularmente, fui aluno da Unisul em tempos idos e continuo aluno hoje, enquanto acadêmico do curso de Comunicação Institucional, na Unisul Virtual, sempre acreditando e confiando nessa digna instituição de saber. Muitos outros tubaronenses se formaram na Unisul e hoje militam nas mais diversas áreas, com sucesso, trazendo no coração o carinho pela casa que os preparou para a vida. Sem falar na imprescindível participação da instituição no desenvolvimento de Tubarão, nas mais diversas frentes.
Temos ouvido falar em crise na Unisul. Temos ouvido falar em crise nas prefeituras. Temos ouvido falar em crise em todos os setores da economia, nesse país cheio de esperança, mas cheio de escorregões na economia, na gestão, nas ações do governo central.
Por outro lado, temos visto e ouvido também que diversos cursos da nossa Unisul tiveram elevadas suas avaliações no Enade – Exame Nacional do Desempenho de Estudantes, o que significa que estão entre os melhores do Brasil. Isso tudo com crise. Isso é só para citar um dentre os diversos avanços observados.
Os gestores da nossa Unisul têm a responsabilidade de conduzir a instituição por bons caminhos. Estão fazendo isso. Tiveram vitórias interessantes nos últimos anos, que amenizaram a tal crise, que poderia ser, acreditem, bem pior.
Mas, quando o assunto é Unisul, a comunidade tubaronense também tem responsabilidade, pois a Unisul é nossa. É hora dos poderes constituídos da cidade e da região se unirem e abraçarem a Unisul e seus gestores, interagindo, discutindo, buscando alternativas para garantir que a nossa Unisul continue sendo o mais importante fator de desenvolvimento da cidade e da região.

Homem
Diante da afirmação frequentemente ouvida, de que “homem não chora”, um garoto chamou seu pai no sofá e lhe disse:
- Pai, acho que não sou homem.
O pai, decepcionado com a informação e sem entendê-la direito, chorou. O filho, ao ver o pai chorar, sorriu, aliviado, tendo a certeza de que o pai não era homem também.

Tubateras
Ainda está repercutindo bastante o evento ocorrido no final de semana aqui na cidade. O Tubateras, que reuniu mais de 100 bateristas interpretando muitos clássicos do Rock’n Roll, marcou o público que foi à Hangar no último domingo. As apresentações foram acompanhadas por um público de mais de mil pessoas, superando a expectativa dos organizadores. O evento reuniu bateristas de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo, que juntos tocaram músicas definidas pelos organizadores Alan Machado, Ricieri Stapazzoli e Éder Medeiros. Foi um grande show, e que terá lugar marcado no calendário de eventos da cidade.

Rotary
O Rotary Club de Tubarão Sul realiza nesse feriado uma festa especial para as crianças. Filhos e netos dos rotarianos do clube irão participar de um evento especial, com almoço, brincadeiras e guloseimas. O presidente Marcos Nicoladelli Morais e a comissão organizadora das festividades estão ultimando detalhes para que o Dia das Crianças seja especial para os pequeninos. A instituição também fez contribuições para campanhas de arrecadação de brinquedos, os quais foram distribuídos para crianças carentes.

Papo sinistro
- Oi. O que você faz da vida?
- No momento, eu sou traficante de órgãos.
- Nossa! Você não tem coração?
- Isso foi uma crítica, ou uma encomenda?

Sobre respostas...
“A vida é curta demais; e temos muita coisa útil a realizar; de maneira que não se justifica a nossa preocupação em responder na altura a todas as coisas desagradáveis que ouvimos”. Napoleon Hill




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL