MENU

COLUNISTAS


Política

NÉIA LOPES




 
 

Sexta-feira, 01/03/2019, às 06:00

Momento de agregar

Em entrevista à Rádio Jovem Pan de Joinville, o presidente estadual do PSL, Lucas Esmeraldino, destacou que, por ter se tornado um partido maior, a sigla, de fato, enfrenta às vezes alguns atritos internos, mas que o objetivo agora é agregar todos e fortalecer ainda mais o partido para o pleito do próximo ano. De acordo com o presidente, a intenção é lançar candidaturas a prefeito na maioria dos municípios catarinenses.

Moisés 
  E por falar em Joinville, o governador Carlos Moisés cumpriu extensa agenda de compromissos na maior cidade do Estado. O pesselista venceu na cidade desde o primeiro turno, alcançando percentual de votos no segundo superior ao do saudoso LHS.

CPI da Ponte
Um dos principais defensores da instauração da CPI da Ponte Hercílio Luz, o deputado estadual Jessé Lopes (PSL), utilizou das redes sociais para criticar a escolha do tucano Marco Vieira para presidir a comissão. Jessé lembrou que Marco nem sequer assinou o requerimento de abertura da CPI, sendo ilógica sua indicação como presidente.

CPI da Ponte 2 
  O parlamentar catarinense, que também disputou o cargo de presidente, conseguiu os votos de três integrantes da comissão, enquanto o tucano somou cinco votos. O deputado João Amin, do PP, foi eleito vice-presidente, e Bruno Souza, do PSB, relator.

Pesquisa
Opositores do governo Bolsonaro postaram nas redes sociais uma enquete que questionava se os pais eram a favor ou contra gravarem seus filhos nas escolas, sem autorização, durante a execução do hino nacional. Após a votação alcançar mais de 70% de votos ‘favoráveis’, a enquete foi deletada.

Audiência
  A Câmara de Vereadores e a prefeitura de Tubarão realizaram ontem uma audiência pública para tratar das metas do primeiro quadrimestre do Poder Executivo. A audiência foi realizada no Plenário do Legislativo municipal.

Temer
Mais uma investigação contra o ex-presidente Michel Temer (MDB) será encaminha para a Justiça de 1º grau, por determinação do Supremo Tribunal Federal. O procedimento foi instaurado para apurar um suposto esquema de corrupção, delatado por Joesley Batista, envolvendo o ex-presidente e Wagner Rossi, ex-ministro da Agricultura.

Mulheres
O senador Ângelo Coronel (PSD-BA) apresentou um projeto que revoga a obrigatoriedade dos partidos preencherem 30% de suas candidaturas com um dos sexos. A atual regra foi criada para garantir um mínimo de representatividade feminina nas eleições, mas em muitos casos vem sendo ‘fraudada’, com o lançamento de candidaturas de mulheres com o único objetivo de cumprir a legislação.

Mulheres 2
Em SC, por exemplo, recentemente o TRE-SC cassou todos os cinco vereadores eleitos por uma coligação proporcional em Sombrio, ao entender a configuração de fraude no lançamento de candidaturas ‘fictícias’ do sexo feminino tão somente para manter as candidaturas masculinas.

DIZEM, MAS EU NÃO AFIRMO
Que tem que fazer por merecer...




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL