MENU

COLUNISTAS


Política

NÉIA LOPES




 
 

Sexta-feira, 15/02/2019, às 06:00

Pacto

Por onde passa, o secretário de Desenvolvimento Econômico de SC, Lucas Esmeraldino, tem reafirmado seu compromisso de seguir lutando pelo Pacto Federativo, para que os recursos permaneçam onde está o contribuinte, tornando os municípios mais fortes e promovendo o bem-estar da população. Lucas faz sempre questão de lembrar que SC é um dos Estados que mais contribui na arrecadação de impostos e um dos que menos recebe de volta do governo federal.

Recursos 
A prefeitura de Tubarão assinou ontem aditivos aos termos de fomento que regulam as parcerias entre a administração municipal e as Organizações da Sociedade Civil (OSC) do município. Os termos autorizam o repasse de mais de R$ 6,2 milhões para 15 instituições que prestam algum tipo de assistência aos tubaronenses.

Recursos 2 
Apae, Combemtu, Aproet, Joanna de Angelis, Lar da Menina e Abrigo dos Velhinhos são algumas das entidades favorecidas com os recursos. “A parceria entre a prefeitura e estas entidades é de fundamental importância, pois permite o atendimento de um número maior de alunos”, destacou o presidente da Fundação Municipal de Educação, professor Maurício da Silva. Só para as entidades voltadas à educação serão destinados R$ 4,4 milhões.

Anistiados
Trinta senadores assinaram requerimento proposto pelo senador capitão Styvenson a fim de criar a CPI para investigar a concessão de indenizações para anistiados políticos. Ao todo, cerca de 39 mil pessoas já teriam sido beneficiadas, com quase R$ 10 bilhões. O requerimento prevê a conclusão dos trabalhos no prazo de até 120 dias e limite de despesas de até RS 30 mil. A CPI deve ser composta por dez titulares e seis suplentes.

Comissões
Estreante no Senado Federal, o catarinense Jorginho Mello (PR) foi eleito vice-presidente da principal comissão permanente da Casa, a de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), para o biênio 2019-2020. A presidente será a senadora Simone Tebet (MDB-MS).

Comissões 2
Já o emedebista Dario Berger foi eleito por unanimidade para ocupar, pelos próximos dois anos, a presidência da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). Ele disse que vai discutir com agilidade os principais problemas e desafios da educação e que vai defender a valorização dos professores.

Bebianno
O ministro da Secretaria Geral da Presidência e ex-presidente nacional do PSL, Gustavo Bebianno, não pretende pedir demissão do cargo após a crise envolvendo o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, nas redes sociais. O ministro afirma que nada fez de errado e nega qualquer irregularidade em relação a supostas candidaturas laranjas do PSL.

Supremo
Ao compartilhar uma interessante matéria jornalística sobre o processo de “dessacralização” enfrentado pelo STF, o procurador federal Deltan Dallagnol destacou parte do texto: “Generaliza-se no país a percepção de que não há local mais seguro para os corruptos do que o Supremo. Juízes de primeira instância aprenderam a prender. Certos ministros do Supremo especializaram-se em soltar”.

DIZEM MAS EU NÃO AFIRMO
Que a “tetinha” é gorda...




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL