MENU

COLUNISTAS


Geral

LUIZ MARINS




 
 

Segunda-feira, 13/05/2019, às 00:00

A autoridade do líder

Qual será a verdadeira autoridade de um líder? De onde deve vir o seu poder? O que deve fazer um verdadeiro líder? Para bem responder a essas perguntas, basta vermos a etimologia (origem da palavra) de ‘autoridade’.

A palavra ‘autoridade’ deriva do latim ‘auctoritas’, que vem, por sua vez, de ‘auctor’, derivado de ‘augere’, que significa ‘fazer crescer’. Assim, o líder, e quem deseja ser líder, deve se lembrar que seu principal papel é fazer seus liderados crescerem, se desenvolverem, descobrirem sua total potencialidade.

Daí vem sua autoridade.

É por isso que a imagem de líder é sempre comparada a de um maestro de uma orquestra. Lembre-se de que ele, na orquestra, não toca instrumento algum. A sua autoridade  está em conseguir com que cada músico dê o máximo de si para que o concerto seja espetacular, ou seja, um espetáculo completo. Para isso, ele ensina antes, ensaia muito, treina incessante e individualmente cada músico (e, ainda mais, o conjunto de sua orquestra). Ninguém pode falhar. Ninguém pode atravessar. Ninguém pode dar menos do que pode dar. É por isso que o maestro mais famoso é aquele que consegue tirar da sua orquestra sons inusitados e perfeitos. Dizemos mesmo que aquela orquestra cresce nas mãos daquele maestro.

O interessante desta comparação é lembrar que um maestro não pode ir até o palco, tirar o instrumento de um músico e tocar por ele durante um concerto. Ele tem que se desafiar para fazer com que aquele músico toque bem. Ou consegue isso, ou substitui o músico, mas ele, maestro, não pode fazer o papel do músico. E não há como tirar um músico durante o concerto. Ele pode fazer isso antes, mas não durante. Sem aquele músico, aquela partitura não poderá ser executada, e o maestro e o músico sabem disso. A autoridade do maestro é, portanto, limitada. Ele tem que fazer aquele músico crescer. Assim, tem que haver uma cumplicidade e uma parceria de lealdade entre o líder e o liderado. Veja que o mesmo ocorre (ou deveria ocorrer) na vida e na empresa. A autoridade de um pai está em fazer seu filho crescer e se desenvolver com valores e princípios elevados, assim como um chefe, diretor, gerente, supervisor, encarregado tem sua autoridade para fazer seus liderados e subordinados crescerem em suas atividades e profissões em benefício dos clientes. Essa é a autoridade: fazer crescer!




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL